Páginas

terça-feira, 12 de maio de 2020

Araioses: Com pandemia se agravando no município, prefeito demite profissionais de saúde por cobrarem equipamentos de proteção

Piauí contabiliza ao menos 53 queixas por falta de EPIs em ...
Imagem da internet
Por Marcio Maranhão 
A prefeitura de Araioses tem agido de forma cruel com os profissionais de saúde do município, mas dentre todos, nada se compara com o que tem passado enfermeiros e técnicos contratados, que além de seguidamente terem salários atrasados, ainda são constrangidos a se manterem inflexíveis em seus postos de trabalho, mesmo sem os devidos equipamentos de proteção individual, tão cobrados pelos demais colegas concursados. 

DEMISSÃO POR REIVINDICAR DIREITOS 

O contrário disso, é o fato que um dos enfermeiros do quadro de contratados, que por agora não revelaremos o nome, ter sido sumariamente demitido, pelo simples fato de ter assinado lista de reivindicação dos Equipamentos de Proteção Individual EPI’s, o que é direito dos profissionais e item básico e obrigatório em qualquer posto de saúde, seja em tempos ditos normais ou de pandemia. 

Outra categoria que teve pacientes e profissionais desrespeitados, o PSB - Programa de Saúde Bucal, teve demissão em massa, com o cancelamento dos contratos de todos os odontólogos, auxiliares e até do coordenador do programa, efetivado em menos de um mês, como denunciado pelo vereador Arnaldo em sua página pessoal. Além de outros contratos de servidores e veículos que serviam na logística da Secretaria de Saúde, transporte de profissionais nas microáreas, medicamentos e vacinas. 

Observem: Saúde bucal, mesmo com a pandemia e as exigências de todas as atenções para a problemática, não deixou de ser saúde, tão pouco essencial. E as medidas do prefeito com as demissões, só colocam ainda mais em risco a já frágil saúde do município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...