Páginas

terça-feira, 14 de abril de 2020

Prefeito Cristino constrange araiosenses com esmola, chamando de sexta básica

Por Marcio Maranhão 
Com os valores médios de uma cesta básica nos estados do nordeste nesse primeiro trimestre de 2020, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), girando em torno de quatrocentos reais em uma conta por cima, o prefeito Cristino, por provocação do próprio Blog Marcio Maranhão, que questionou a omissão do governo na ajuda às famílias mais carentes do município, quis fazer uma média com os araiosenses em uma suposta doação de cestas de alimentos, um vergonhoso kit, que de básico, só tinha a cara de pau do gestor público, que gastou dezessete mil em um letreiro ao invés de agir com justiça e a compaixão que a situação exige. 

Vila velha News - Home | FacebookSegundo a publicidade do governo, os alimentos são frutos da doação de empresários, o que revela ainda mais a frieza do prefeito, que recebeu recursos do governo federal específicos para tratar de questões do COVID 19, sem falar da cota parte milionária do pré-sal, que ainda não foi gasto um centavo com os atingidos pelo novo vírus no município, nem sequer completando a mencionada cesta de alimentos para atender de forma digna os araiosenses e poder chamar a doação de cesta básica. 

O quanto custaria para Cristino tirar meros duzentos reais dos cofres da prefeitura, do nosso dinheiro, para completar aquela cesta que não tem quarenta reais em produtos, e, dar dignidade a quem precisa nesse momento difícil, ao invés de constranger os cidadãos com dezenas de fotos recebendo migalhas? 

Dinheiro não nos parece ser um problema para Cristino e a prefeitura de Araioses, basta ver as contratações, as compras de apoio político e as obras supérfluas e inoportunas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...