Páginas

segunda-feira, 2 de março de 2020

O que dizer dos corruptores de Araioses, quando a grande maioria dos munícipes desejam ser corrompidos

Por Marcio Maranhão 
Resultado de imagem para povo corrupto politico corruptoOs motivos são diversos e por mais que em nada se justifiquem, ouvimos de tudo da boca de cidadãos que deveriam repudiar e rechaçar esses criminosos, que nos últimos anos destruíram o futuro, desviando dinheiro da educação das nossas crianças e jovens, mataram a sangue frio araiosenses desassistidos pela saúde do município, seja em nossos limites territoriais, na estrada agonizando para Parnaíba, ou em qualquer outra região em corredores e leitos de hospitais. 

“Todo político é igual”; “Tenho que pegar algo agora, depois que se elegem, esquecem do povo”; “Votei em Cristino de graça e olhem no que deu” ... 

É evidente que há muitas razões para a desconfiança do povo, mas nada justifica sua cumplicidade com o crime. 

Nem todo político é igual, mas recorrentemente temos elegido candidatos com o mesmo perfil; pessoas que fazem tudo para chegar ao poder e uma vez lá, farão tudo para de lá não saírem. Os esforços escusos desses cidadãos só são viáveis, porque encontram alento na receptividade para tais práticas na esmagadora maioria dos munícipes araiosenses. 

Para se ter uma mínima ideia, parte dos vereadores que serão reeleitos nas eleições de outubro deste ano, serão os mesmos que apoiaram e sustentaram o atual prefeito no poder com seus mandos e desmandos à frente da prefeitura de Araioses. 

Não é preciso ter bola de cristal para antecipar tais coisas; basta se perguntar os motivos desses cidadãos bem pagos com dinheiro público, nossos impostos, apoiarem descaradamente o atual gestor, dito unissonante pelos quatro cantos da cidade como o pior prefeito da história de Araioses. 

E como será possível isso? Com o remédio que nunca teve no posto, com o médico e o dentista que nunca lhe atendeu, pelos quatro anos que seu filho teve que voltar mais cedo da aula porque não tinha merenda e pelo futuro que nunca teremos. 

Junto com esses, que chegarão com notas de cem e cinquenta, surgidas milagrosamente das ausências nossas de cada dia, outros tantos apareceram ainda tentando chegar lá pelo mesmo caminho. Sabendo que nós, os cidadãos araiosenses lhes estenderemos lustrado tapete para passarem. 

Quando a maioria deseja o mal, o que podemos dizer em julgamento àqueles que o semeiam?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...