Páginas

terça-feira, 31 de março de 2020

Após gastar 17 mil em um letreiro, Cristino manda dois frascos de álcool em gel e um pacote de máscara para cada UBS

Por Marcio Maranhão 
Profissionais já avisaram que o material é insuficiente para uso interno das Unidades Básicas de Saúde – UBS, enquanto Agentes Comunitários de Saúde que estão sendo pressionados a manterem as visitas na linha de frente contra o novo vírus, visitando famílias e identificando casos anormais de saúde, não receberam nada até o momento. 

A secretaria entende a gravidade da exposição desses profissionais, a ponto que a sincronização dos tablets será feito por uma janela, isolada do prédio da secretaria de saúde, para que os ACS não tenham contato com os servidores do departamento. 

A medida de segurança dos funcionários que trabalham na própria secretaria é salutar, mas gerou constrangimentos aos demais profissionais e a indignação de vários ACS. 

“Não recebemos equipamentos de segurança individual por desprezo do prefeito à saúde da categoria, dos nossos pacientes e de todas as nossas comunidades. E, ainda somos tratados como leprosos que não podemos ter contato com servidores que ficam no ar condicionado, enquanto estamos na chuva e no sol, de casa em casa arriscando nossa vida, a saúde dos nossos familiares e pacientes. Meus pais são idosos e tenho criança pequena em casa, onde está a compaixão do prefeito que tira quase um milhão dos recursos do pré-sal para obras, que não são emergenciais agora e deixa os araiosenses à própria sorte?”, manifestou um ACS nas redes sociais. Por estarmos lidando com um governo que persegue quem contraria seus interesses e expõe sua opinião, não identificaremos nenhuma de nossas fontes, ainda que seus relatos tenham sido feitos em redes sociais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...