Páginas

terça-feira, abril 04, 2017

Rapidinhas com o deus Do controle

O professor Homer Simpson responde

A quem se refere o slogan do “deus no controle”?

Se for a Dona, está errado em gênero, é deusa assim como presidente e presidentA...

Se for os demais parentes está errado em numero, é deuses tal qual ministro e ministroS

Agora se o slogan estiver se referindo a ele, o erro está no grau, o cara eleito não está graduado nesta categoria e sim no máximo de profeta, e a regra é: deus manda e o profeta obedece.


deus no controle?
Agentes do governo de Cristino têm reclamado que é proibido reclamar, qualquer sorriso sem graça, olhar de desaprovação ou manifestação oral ou por escrito em qualquer lugar, pode representar uma demissão sumária.

Onisciente como deve ser os deuses, certo secretário alertou: Se falar mal, mesmo dentro da sua própria casa, vai chegar aos nossos ouvidos...

Que medo...


deus no andor

O afastamento de Cristino dos araiosenses a cada dia fica mais evidente. Por medo da cobrança do povo, ou apenas levado pelo espírito elitizado da família, que supostamente consideraram os araiosenses indignos de apreciarem a festa dos 79 anos da cidade no mesmo nível, mandaram construir um camarote vip, onde podiam ver todo o povo a baixo dos seus pés.

Nada contra, mas acho que perderam a oportunidade de estar no meio do povo, mesmo que fosse arrudiado de seguranças como em outras administrações...

Esperava-se mais de um governo que praticamente recebeu de graça o poder das mãos do povo, e tinha uma proposta popular.


Um governo de decepções

A lei garante a vida privada a qualquer cidadão, mesmo aos políticos, mas por uma questão moral e não legal, acredito que a boa postura de um homem público deve ser cercada de cuidados, principalmente no que se refere a ostentação nas redes sociais.

Nada contra quem quer gastar os seus altos salários com “sexo, drogas e rock hol.”, ou algo menos agressivo como viagens, festas, carros do ano e casas no litoral. Mas quando esses mesmos agentes públicos são pagos com dinheiro público e administram um município onde idosos não têm serviços básicos de saúde, crianças não têm merenda e são obrigadas a tomar água suja, não pega bem sair por ai cantando: “... tá tranqüilo, tá favorável...” em shoppings, parques, hotéis e praias do país.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...