Páginas

segunda-feira, 18 de março de 2019

Vereador Arnaldo Machado emite nota de repudio às declarações do prefeito Cristino em vídeo patrocinado com dinheiro público

NOTA DE REPÚDIO 

Vereador Arnaldo
Diante das declarações irresponsáveis e criminosas do senhor prefeito Cristino, em vídeo institucional patrocinado com dinheiro público, dirigidas ao legitimo exercício do mandato de vereador e ao Poder Legislativo Municipal, venho a público manifestar o sentimento de repúdio pelo fato e afirmar que levaremos ao conhecimento das autoridades, para que se apure e puna os excessos, o descontroles e a tentativa de ludibriar o povo por parte do senhor prefeito, que usando da maquina pública, novamente mentiu aos araiosenses, acusou sem provas e atribuiu fato a terceiro que somente a ele compete. 

Causa indignação, que o único prefeito da história política do município de Araioses, que recebeu a prefeitura com quase um milhão e meio de reais em caixa, servidores com seus salários em dia, recursos federais dobrados em seus primeiros meses de gestão, apoio popular e maioria dos parlamentares lhe dando sustentação no legislativo municipal, venha reclamar de perseguição e condições desfavoráveis para exercer seu mandato. Passados dois anos de seu governo e mais de 150 milhões recebidos de verbas para gerenciar em beneficio do povo, declare que irá começar trabalhar somente agora, sem sequer prestar contas aos araiosenses do que fez com o dinheiro público nos últimos 24 meses à frente da prefeitura. 

Eu, assim como muitos araiosenses, dei meu "voto de confiança" como parlamentar ao senhor Cristino e nos decepcionamos. E, como vereador eleito para representar os anseios populares, nos unimos às milhares de vozes que clamam por justiça, contra um dos gestores mais corruptos e omissos já passados por nossa prefeitura. 

Ao contrario do que pensa o senhor prefeito, a atividades do vereador não se resume apenas ao tratamento das leis do município. É função do cargo de vereador e fundamental para a saúde da democracia, a fiscalização das ações do Poder Executivo Municipal – ou seja, das ações do prefeito. 

O prefeito não é superior ao vereador, são representantes de poderes autônomos e que devem atuar de forma harmônica e respeitosa, assim como o presidente da câmara não é o chefe dos seus colegas. E nenhum nem outro estão acima da lei. 

É por isso que a legislação prevê expressamente alguns deveres importantes dos vereadores em relação à prefeitura, como: 
  • Fiscalizar as contas da prefeitura, de forma a inibir a existência de obras superfaturadas e atrasadas; 
  • Fiscalizar e controlar diretamente os atos do Poder Executivo, inclusive da administração indireta (por exemplo, visitar órgãos municipais e fazer questionamentos por escrito ao prefeito, que é obrigado por lei a prestar esclarecimentos em até 30 dias); 
  • Criar comissões parlamentares de inquérito e comissões processantes; 
  • Realizar o chamado controle externo das contas públicas, com ajuda do Tribunal de Contas do Estado ou do Município responsável. 
Papel que estamos desempenhando, ainda que enfrentando resistência do executivo e comportamento típico de um monarca ou ditador do senhor prefeito, como se inalcançável fosse pela lei ou fosse superior a ela. 

Vereador Prof. Arnaldo Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...