Páginas

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

É DIA 22: Marcada a sessão que poderá cassar Cristino


Por Marcio Maranhão 
Após reunião na manhã de ontem da Comissão Processante para a apresentação do Relatório Final, que foi aceito por unanimidade pela cassação do mandato do prefeito Cristino. Na sessão ordinária de hoje, 12 de fevereiro, o presidente do Poder Legislativo Municipal, vereador Alex Carvalho, definiu a data para que as denúncias sejam votadas no pleno da câmara, designando para o dia 22 do presente mês. 

Manobras do Prefeito 
O prefeito mais uma vez, tentou por varias manobras impedir o prosseguimento do processo, na reunião de ontem, até um atestado informando inabilitação por motivo de grave enfermidade foi apresentado. O atestado afastava o prefeito das funções pelo período de 15 dias, a começar da data de emissão, 8 de fevereiro de 2019. Até a noite anterior, o prefeito era visto entrando na prefeitura normalmente e aparentando boa saúde, mas, mesmo com a tentativa de suspender mais uma vez o andar dos trabalhos, a manobra não deu certo; nessa fase do processo, a presença do gestor não é obrigatória, podendo ser representado por procurador ou advogado. 

Por telefone ou através de emissários do prefeito, vereadores estão sendo procurados. Segundo um assessor de parlamentar, Cristino está receptivo e disposto a qualquer negócio, por tanto, é importante que a sociedade fique atenta a seus vereadores e cobre desde já qual será o seu posicionamento. E, tanto os populares, quanto os próprios vereadores, que por ventura estejam sendo assediados ou até mesmo venham a ser coagidos a votarem em prol do prefeito, esperamos que denunciem esses atos de desespero, que também são caracterizados por crimes de corrupção. Gravem as ligações e filmem os encontros oferecendo mesadas, vantagens ilícitas em detrimento de todo o povo. 

Resultado de imagem para cristino prefeito de araioses
Cristino e Sonia
Cristino é investigado pelos supostos crimes de responsabilidade administrativa, cometidos na gestão dos recursos do INSS, recolhido dos servidores públicos municipais de Araioses, e, não repassados à Previdência Social. A fraude denunciada pelo sindicato da categoria e detectada pelo próprio Tribunal de Contas do Estado, que processou o casal, Cristino e Sonia, na época secretária de finanças do município, é o principal objeto das apurações da Comissão, que reuniu 149 paginas no processo, demonstrando os crimes do prefeito, na gerência dos recursos públicos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...