Páginas

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

CRIMINALIDADE AUMENTOU NO GOVERNO DE CRISTINO

Por Marcio Maranhão 
Ruas sem iluminação pública, falta de investimento na guarda municipal, falta de apoio à polícia militar, ruas sujas com mato alto em estado de total abandono, e, inexistência de políticas públicas para juventude estão elevando de forma assustadora os níveis de criminalidade no município de Araioses. Assaltos a mão armada com armas de fogo seja de dia ou a noite se tornaram corriqueiros no município, que até pouco tempo ostentava tranquilidade.

O furto ou roubo de celulares, motos, residências e comércios está banalizado, e já não há mais um só dia em Araioses que não se saiba de notícia de tais crimes ou algo semelhante em algum ponto do município. As forças policiais têm feito sua parte, mas, a população precisa registrar Boletins de Ocorrências desses fatos e não somente denuncia-los nas redes sociais, para que tais registros gerem números estatísticos e possamos cobrar das autoridades providencias. 

A IMPORTÂNCIA DO BOLETIM DE OCORRÊNCIA 

Vice-prefeito Manoel da Polo e Subsecretário Saulo Ewerton
Em oportunidade de levar ao conhecimento do governo do estado a situação da segurança pública no município, na companhia do vice-prefeito Manoel da Polo em 2017, ouvimos do então Subsecretário Saulo Ewerton, que a situação de Araioses não parecia ser tão grave quanto a de outros municípios maranhenses, uma vez que as ocorrências obtidas pelos órgãos oficiais, não justificavam o pedido de mais viaturas e aumento do contingente policial. 

O posicionamento do secretário está correto, na medida que não é da nossa cultura notificar as autoridades pelos meios oficiais das ocorrências a que somos acometidos. Desta forma é impossível para o governo tomar qualquer medida, que representa amento de gastos, em um município em que aparentemente está tudo normal.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...