Páginas

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Bolsonaro poderá privatizar Parque dos Lençóis Maranhenses

Foto reprodução da internet
O governo do presidente eleito Jair Bolsonaro receberá de Michel Temer um plano para privatizar nove parques nacionais que serão abertos à visitação, na tentativa de aliar a preservação ambiental ao turismo. O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no Maranhão, é uma das áreas incluídas na proposta. 

Apenas 53 unidades de conservação ambiental podem receber visitas do total de 324. Entre os outros oito parques que podem ser privatizados por um período de 20 anos estão a Serra da Canastra, a Chapada dos Guimarães e o Parque Nacional de Jericoacoara. A informação foi noticiada pelo jornal paulista O Estado de S. Paulo. 

Estima-se que as privatizações rendam R$ 140 milhões em outorgas e R$ 153 milhões em investimentos privados. 

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses 

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, criado em 02 de junho de 1981 pelo Decreto nº 86.060 de, é o maior campo de dunas da América do Sul e compreende uma área de 155 mil hectares. O Parque localizado no Maranhão abrange três municípios, Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz. O Parque é uma unidade de conservação federal, gerida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), entidade vinculada ao Ministério do Meio Ambiente. 

O Imparcial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...