Páginas

sexta-feira, agosto 04, 2017

Ex-secretária Marilia Gonçalves, faz balanço sobre sua gestão na Assistência Social entre os meses janeiro a julho de 2017

Exonerada a pouco menos de um mês do cargo de Secretária Municipal de Assistência Social, Marilia Gonçalves é filha do atual prefeito Cristino Gonçalves. E sua demissão foi tida como uma retaliação ao genro presidente da câmara Elson do Dadá, e punição à filha por ter preferido ficar ao lado do esposo, que representa um dos principais nomes da oposição ao governo Cristino.

Marilia manifestou ao blog a preocupação pela memória e preservação de todo o trabalho que vinha sendo desenvolvido. E tudo o que já havia sido realizado. Para que não houvesse retrocessos diante de conquistas e projetos importantes à sociedade em curso não parasse.

Em nota pública, a ex-secretária deixa uma mensagem a todos os araiosenses e colaboradores da secretaria e no final apresenta um relatório, que publicamos na integra, sobre todas as atividades desenvolvidas ao longo de sua gestão no período de janeiro a julho de 2017.


Olá população Araiosense, venho através deste relatório de gestão, colocar visível os trabalhos desenvolvidos durante minha gestão enquanto SECRETARIA DE ASSISTENCIA SOCIAL do município de Araioses-MA. Diante do desmonte que estão tentando enfaticamente passar, venho me pronunciar no intuito de responder e prestar conta das minhas ações, diretamente aos atores que de fato merecem saber: Vocês POVO ARAIOSENSE.

Durante os 6 meses que fui gestora da pasta da Secretaria Municipal de Assistência Social, trabalhei com o objetivo e comprometimento em desenvolver a política de assistência social no município, para que os Programas, Projetos, Serviços e Benefícios fossem ofertados de forma honesta, com qualidade e principalmente a quem necessita, sempre primando a humildade nas relações interpessoais! Legado que deixei e fui reconhecida por todos que ali trabalharam na minha gestão.

Como secretária engajei sempre em solucionar as dificuldades encontradas na gestão. Como é de conhecimento de toda população a gestão administrativa tem enfrentado vários desafios e problemáticas que ainda não foram sanadas. Um dos principais desafios que encontrei em maior complexidade, foi o apoio da administração em alguns aspectos que aqui não desejo citar, e problemas com a organização da administração licitatória: (Que ocasionou o atraso de funcionamento dos serviços, equipagem dos núcleos e etc.). Uma Secretaria, como alguns ou quase todos sabem, necessita de um bom relacionamento com a administração para que seus serviços saiam da maneira mais satisfatória e saudável para todos! E se essa relação não for sadia, quem é prejudicado? Os usuários, os “dependentes” desta secretaria!

Sai de cabeça erguida e ciente do trabalho que fiz e mais ciente ainda da força de vontade que tive de realizar um trabalho digno aos mais carentes.

Todos que me conhecem sabem do que fiz e muito mais do que eu queria fazer! Não retratarei aqui de fofocas, fuxicos e falsidades que sempre existem, mas que para mim foi inédito! Só desejo a todos os funcionários PARCEIROS que continuem com seus trabalhos decentes e que a SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL almeje os verdadeiros ideais!

Um grande abraço à todos vocês!

MARÍLIA GONÇALVES DE ARAÚJO




SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL DE ARAIOSES

RELATORIO SINTÉTICO DE ATIVIDADES/AÇÕES REALIZADAS DE 

JANEIRO A JULHO DE 2017



· Planejamento Financeiro:

  • Definição das Receitas do FMAS
  • Definição de Despesas para os gastos com os recursos federais

· Habilitação da gestora junto ao Banco do Brasil para movimentação das contas do Fundo de Assistência;

· Definição e organização da equipe de RH (CRAS, CREAS, SCFV, Cadúnico/Bolsa Família e Órgão Gestor) 

· Reuniões periódicas com coordenadores dos serviços socioassistenciais;

· Reuniões periódicas com equipe do Cadastro Único;

· Levantamento das necessidades dos serviços socioassistenciais (órgão gestor, SCFV, CRAS E CREAS);

· Elaboração dos Termos de Referência e encaminhamento a CPL (Comissão Permanente de Licitação);

· Elaboração do Organograma da secretaria de assistência social para a minuta da lei de estrutura municipal;

· Atualização do CADSUAS (CRAS, CREAS, SCFV, CADUNICO, CMAS, Órgão Gestor, FMAS) com dados da nova gestão do SUAS municipal;

· Atualização e reativação dos membros do CMAS e CMDCA conforme a lei municipal dos respectivos conselhos;

· Participação em Eventos das SEDES:

  • Programa Criança Feliz
  • Cofinanciamento Estadual
  • Reunião da CIB
  • Reunião da Vigilância socioassistencial 

· Estruturação dos equipamentos de atendimento (Equipamento de informática, internet, material de expediente, equipamento de escritório):

  • CRAS
  • CREAS
  • CADÚNICO/BOLSA FAMILIA
  • Órgão Gestor
  • CMDCA
  • CMAS
  • Conselho Tutelar 

· Implantação e estruturação da sede própria dos conselhos CMDCA, CMAS E CMI;

· Conserto de 04 motocicletas para atender demandas da SEMAS;

· Manutenção do carro da SEMAS;

· Capacitação da equipe do Cadúnico/Bolsa Família;

· Eventos de mobilização para entrega do cartão Bolsa Escola do estado;

· Capacitação das equipes de referência da Proteção Especial e Básica;

· Capacitação da Equipe do SCFV;

· Captação de recurso: 

  • Solicitação de cofinanciamento junto a SEDES para os Benefícios Eventuais;
  • Solicitação junto ao MDS para construção de 02 CRAS e equipamentos; construção de 01 Centro de convivência; 
  • Solicitação junto ao MDS de projeto voltado para mulheres vítimas de violência doméstica;

· Informatização dos fluxos de informação e gerenciamento do órgão gestor (sistema DATARH e sistema de controle de estoque); 

· Informatização do CRAS e CREAS com implantação de sistemas personalizados (DATACRAS E DATACREAS);

· Regulamentação da Gestão do CRAS, por meio da Portaria nº 01/2017

· Regulamentação da Gestão do CREAS, por meio da Portaria nº 02/2017

· Preenchimento e Aprovação do Plano de Ação 2017 para cofinanciamento do governo federal; 

· Preenchimento do Plano de Ação Financeiro das Ações do AEPETI de 2017 para cofinanciamento do governo federal;

· Realização da VIII Conferencia Municipal de Assistência Social;

· Realização de mobilização para recadastramento dos beneficiários do PBF, na sede e nos povoados; 

· Regulamentação dos membros dos conselhos e comitês gestores, através de portarias municipais (CMAS, CMDCA, CRIANÇA FELIZ );

· Realização da parceria com o poder judiciário para realização dos projetos: Curso de Adoção; Maria da Penha vai as Escolas; Projeto Reviver para usuários de drogas ilícitas; Araioses no combate ao trabalho infantil; Araioses contra o Abuso e exploração sexual; Projeto mês LILÁS: DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES.

· Realização da 1º audiência pública sobre abuso e exploração sexual

· Elaboração e implantação da família acolhedora;

· Atualização cadastral do PBF, dos usuários em bloqueio de benefício;

· Implantação dos centros de convivência João Perez, Canarias, Carnaubeiras e Conceição;

· Definição para implantação do CRAS em Carnaubeiras;

· Capacitação dos membros do CMAS sobre controle social e Bolsa família;

· Reuniões regulares com os conselhos CMDCA E CMAS, (Ordinária e extraordinária); 

· Planejamentos com os coordenadores com orientação sobre a elaboração do plano de ação CRAS E CREAS;

· Alimentação dos sistemas da REDESUAS (SIMPETI, SISC e RMA)

· Implantação da coordenação das ações de estratégicas do PETI;

· Elaboração do Plano das Ações Estratégicas do PETI;

· Organização e orientação dos suplentes do conselho tutelar conforme o regimento interno, através do CMDCA; 

· Elaboração da minuta da Lei do SUAS municipal, conforme o pacto de aprimoramento;

· Elaboração da minuta da Lei da Estrutura Administrativa do órgão gestor, conforme o pacto de aprimoramento;

Imagens Daby Santos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...