Páginas

quarta-feira, abril 19, 2017

Um Judas de si mesmo: O lenga lenga de Arnaldo não engana mais ninguém

Embora o vereador ande debaixo do braço com um maço de requerimentos aprovados pela câmara de vereadores, ainda que a contragosto de Cristino, que disse por meio do blog governista que esses requerimentos e nada é a mesma coisa, Arnaldo Machado tem praticado o que chamamos no meio publicitário de suicídio político ou alto sabotagem social. Com um discurso contundente e por vezes empolgante, o neófito parlamentar acredita que o povo araiosense esquecerá que por muito menos do que tem praticado o seu protegido prefeito Cristino, nas administrações de Luciana Trinta e de Valeria Leal, o na época aguerrido sindicalista e promissor político já tinha soltado os cachorros ou ele mesmo partia pra cima como um leão faminto. Mas como a distância do discurso para a prática só se mede com a régua do tempo, o então vereador tem se limitado ao acumulo de papel e a discursos vazios que objetivam a transmissão para opinião pública o caráter atuante e corajoso de antes, mas que na verdade só demonstram a submissão por interesses próprios e a proteção imoral a um governo que até aqui se revelou pior que os dois que o antecederam.

Esquecerá os araiosenses a decretação de Arnaldo de persona non grata os vereadores que votaram contra os interesses do SINDSEPMA, quando ele próprio votou em um para presidente da Câmara a pedido de Cristino, tal qual narrou em entrevista Ivanildo Ribeiro, que afirmou ainda ter ouvido da boca do próprio Cristino que Arnaldo votaria querendo ou não porque já estava comprometido?

Esquecerá os araiosenses o escracho público que Arnaldo submeteu o enfermeiro Teté, a quem o chamava de amigo, o constrangendo a se retirar do sindicato sob a justificativa que sindicalista não poderia ser governo, quando agora ele mesmo na condição de presidente do SINDSEPMA, é governo e vereador da base de sustentação do governo?

Vejam a que ponto chegou o homem que poderia ser hoje a principal liderança política do município de Araioses, que mesmo sem nenhum emprego a aliados, estaria nos braços do povo e este seria sua espada e seu escudo: Faz moção de repudio a CODEVASF, fora de sua alçada e esquece-se de usar da mesma verborragia para cobrar como antes fazia, a solução de problemas de responsabilidade do poder executivo local, como o conserto de buracos nas ruas de Araioses, iluminação pública, medicamentos nos postos de saúde e merenda nas escolas. Faz propagando demagógica que está lutando e cobrando na câmara de Araioses por ações para a população, quando na verdade, não age incisivamente cobrando e fiscalizando como outrora fazíamos juntos. Ainda que sem a delegação popular e sem a autoridade institucional de representante dos anseios cidadãos.

Se antes quando não era vereador, ia pra rua e brigava por direitos, porque agora se recolheu aos discursos genéricos e a burocracias. Requerimentos não justificarão a omissão de ninguém. Se antes os nomes de Luciana Trinta e Valeria Leal não saiam da sua boca, o povo aguarda posição igual e mais enérgica com Cristino que tem feito pior até aqui...

Ou será que com Arnaldo vereador, a esperança perderá de novo?

Por Marcio Maranhão
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...