Páginas

segunda-feira, abril 03, 2017

Nepotismo de Cristino é o maior da historia do município de Araioses

Por Marcio Maranhão
Resultado de imagem para nepotismo
Imagem da internet
Tanto que se falou no governo de Luciana Trinta, que empregava um irmão, sua sucessora, Valéria Leal, nos palanques repetia continuamente orientada por Daby Santos: “Ela é igual areia de cemitério, quer comer tudo sozinha”. Quando governo, Valéria empregou primos, tia e até o pai como assessor especial. O escândalo foi exaustivamente explorado por Cristino, que além de criticar o emprego aos parentes da ex-prefeita, ainda afirmava que no seu governo não teria um parente sequer.

Mas imagine, justamente o que mais criticou, foi o que mais pesou a mão, bebendo da fonte até a última gota. Oficialmente a esposa, os filhos, agregados temporários, primos, sobrinhos, afilhados e até genro que nunca havia dado as caras por aqui, agora é manda chuva na terra dos índios Arayos.

Desrespeito ao Ministério Público

O escancarado e imoral avanço da família do prefeito na administração já chamou a atenção do Ministério Público Estadual, que em 31 de janeiro do corrente ano, recomendou ao senhor prefeito Cristino Gonçalves, que exonerasse em no máximo 30 dias todos os parentes e se abstivesse de contratar cônjuge ou companheira e qualquer pessoa com relação consanguíneo em linha direta ou colateral, ou por afinidade, até o terceiro grau com o prefeito. O que foi ignorado desrespeitosamente pelo prefeito, como se a recomendação do MP não valesse nada. 

Passou-se até a presente data 62 dias e os cidadãos araiosenses, cansados do contínuo e crescente desrespeito a legal e moral condução dos gestores na administração pública, não suportarão o estabelecimento de mais uma oligarquia, de uma administração que serve apenas aos caprichos e o enriquecimento de uma família e seu pequeno grupo de apoiadores.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...