Páginas

terça-feira, dezembro 20, 2016

Araioses: Cristino indica um inimigo dos servidores públicos para a presidência da Câmara

Resultado de imagem para o inimigo mora ao ladoElson do Dada, do Manin e agora do Cristino. Não só pelo fato de ter sido um aliado de primeira hora de Manin Leal e até o último minuto um dos seus. Elson do Dada e agora de repente Cristino, é filho do ex-vereador Dada Coutinho, envolvido na polêmica da diminuição das regências dos professores e acusado por ter supostamente “mal qualificado” os servidores públicos quando aliado de Zé Tude. Elson por sua vez, durante o seu mandato, condescendente ao coronel da vez, seguiu os passos do seu pai e também perseguiu o funcionalismo, inclusive se tornando “persona non grata” do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araioses – SINDSEPMA, quando em outubro de 2015,juntamente com alguns colegas tentaram destruir a referida entidade aprovando uma lei que suspendia o desconto e o repasse da mensalidade sindical à instituição.

Ainda assim, Cristino que tem desiludido o povo mesmo antes de assumir o governo abarrotando sua futura equipe de ratos e sanguessugas, muitos deles extraído da própria administração de Manin; tem articulado pelo nome do vereador Elson do Dada, deixando inclusive de considerar que a maioria dos vereadores a partir de janeiro de 2017 serão originalmente servidores públicos, categoria que até o momento, sob a liderança de Arnaldo Machado, tem reafirmado repulsa a quem os tentou enfraquecer e destruir.

Em recente publicação em protesto contra o governo de Valéria Leal, Arnaldo Machado, vereador eleito em outubro de 2016 e presidente do sindicato dos servidores, lembrou da tentativa de fechamento do SINDSEPMA protagonizado por Elson do Dada e outros oito vereadores a mando de Manin, além de várias outras mazelas do governo de Valéria, que só foram possíveis graças o apoio,omissão,sustentação e subserviência da sua base aliada na Câmara, dentre eles, Elson do Dada, que junto com seus colegas não cobraram, não fiscalizaram, pelo contrário,encobriram e permitiram que tudo o quanto de ruim acontecesse, chegando a este ponto, sem que fossem incomodados por aqueles que tinham o dever de defender o povo.

Arnaldo Machado, que deixará a diretoria do sindicato para exercer o cargo de vereador na próxima legislatura, já demonstrou que não trairá as bandeiras que sustentou até aqui, se manterá firme na defesa da causa dos servidores públicos, e embora muitos vejam com certo receio a atual aproximação do sindicalista com Cristino, que se encaminha para fazer um governo semelhante ao de Zé Tude, Luciana e Valéria, pela repetição dos seus atores em detrimento do total abandono aos seus amigos que o fizeram prefeito como o vice Manoel e BBA, entre outros, que se encontram da mesma forma escanteados pelo futuro prefeito, que agora só tem olhos para os novos chegados; Arnaldo, para os mais próximos, sempre deixou bem claro que não vota em quem votou contra os servidores.

A pergunta que não quer calar:

Se Cristino tem tanta bala na agulha para eleger o presidente da Câmara, porque preterir dois nomes eleitos pelo grupo de Manin, ao invés de Abigail, esposa do seu vice e única vereadora eleita pelo seu grupo político?

Marcio Maranhão
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...