Páginas

quarta-feira, setembro 28, 2016

Major Jenilson foi preso por não apoiar candidata do governador em Imperatriz

image
O major Jenilson teve que se entregar ontem para ser recolhido ao quartel da PM, em Imperatriz, por não aceitar votar ou apoiar a candidata do governador comunista e ditador de plantão do Palácio dos Leões, Flávio Dino. O militar reagiu às ordens do Palácio dos Leões e foi obrigado a ser deslocado para São Luís e passar três dias que antecedem e depois das eleição em Imperatriz por não aceitar a candidatura de Rosângela Curado.


Assim como o major, vários militares estão sendo punidos com transferências para a capital pelo simples fato de não atenderem as ordens do mais novo coronel da política do Maranhão. Vejam abaixo a reação do major publicada no último dia 26 ( reveja aqui):


Luis Cardoso
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...