Páginas

quarta-feira, setembro 21, 2016

Multivacinação de crianças e adolescentes começou nessa segunda feira 19, e se estenderá até dia 30

Dia D para postos de saúde de Araioses acontecerá neste sábado dia 24

Vacinação contra pólio em João Pessoa  (Foto: Rizemberg Felipe/Jornal da Paraíba)
Campanha deste ano inclui, além de pólio, todas as vacinas disponíveis pelo SUS para crianças de até 5 anos e de 9 a 15 anos incompletos (Foto: Rizemberg Felipe/Jornal da Paraíba)

Começou nessa segunda feira 19, mais uma campanha nacional de vacinação. Com a novidade, que pela primeira vez, a campanha abrange o público de 9 a 15 anos incompleto.

A campanha nacional de "multivacinação" incluirá todas as vacinas disponíveis pelo SUS para crianças de até 5 anos e para crianças e adolescentes entre 9 e 15 anos incompletos, incluindo a imunização contra HPV para meninas. O esforço de vacinação vai até o dia 30 de setembro.

As doses já estão normalmente disponíveis de forma gratuita no Sistema Único de Saúde (SUS), em qualquer posto. O objetivo principal da campanha é estimular que os pais levem os filhos para por em dia a carteira de vacinação. Para isso, o ministério enviou 19,2 milhões de doses extras de 14 vacinas para os postos de saúde de todo o País.

“Neste ano, estamos incluindo os adolescentes porque esse grupo prioritário é um dos que apresenta uma maior resistência a se vacinar. Além disso, muitos pais acreditam que não há necessidade de imunizar os filhos nessa faixa etária”, explicou o ministro da saúde, Ricardo Barros.

Segundo o ministro, com a campanha, serão atualizadas 14 vacinas nesses públicos. “Isso servirá para reduzir o número de não vacinados e aumentar a cobertura vacinal nas crianças e adolescentes”, completou.

Veja mudanças na vacinação ocorridas este ano:


HPV
Como era: 2 doses para meninas de 9 a 13 anos com intervalo de 6 meses; 3ª dose 5 anos depois.Como fica: 2 doses com intervalo de 6 meses para meninas de 9 a 13 anos.

Poliomielite
Como era: injeção aos 2 e 4 meses e gotinha aos 6 meses. 2 doses de reforço aos 15 meses e aos 4 anos (ambas de gotinha).

Como fica: muda somente que a 3ª dose passa ser a injetável.

Pneumonia
Como era: 3 doses (2, 4 e 6 meses de idade) e reforço entre 12 e 15 meses.

Como fica: 2 doses - aos 2 e 4 meses e um reforço aos 12 meses.

Meningite
Como era: 2 doses, aos 3 e 5 meses de idade, com reforço aos 15 meses.

Como fica:2 doses, aos 3 e 5 meses de idade, com reforço aos 12 meses.

Marcio Maranhão
Com Informações do Portal Brasil.GOV e do G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...