Páginas

quarta-feira, julho 06, 2016

Entre Luciana, Cristino e Weliton, Manoel da Polo é o melhor pré-candidato de oposição

Depois de um dia de visitas à zona rural de Araioses e de muito conversar com lideranças, trouxe uma nova parcial do que é a dinâmica da política araiosense. Embora muitas lideranças já estejam comprometidas com outros pré-candidatos, pude ouvir a afirmação quase uníssona de todos, que no entendimento deles, o melhor pré-candidato do grupo de oposição ainda é o vereador e empresário de Araioses Manoel da Polo.

“Esses outros aí, ou já conhecemos de mais para nos arriscar de novo, ou não conhecemos nada para nos garantir dar um passo no escuro. Luciana foi prefeita, não conversava direito nem com o povo dela, que trabalhou no governo e a procurava em sua própria casa, porque na prefeitura ela quase não aparecia, imagina um caboclo como eu. Gente simples como nós se achegava a ela porque não tinha vergonha, porque o que parecia era que ela não gostava. Dr. Cristino não dar nem sequer um bom dia, nem mesmo quando estamos pagando para nos consultar, não é lá essas simpatias, imagina prefeito como não será. Já o Weliton, quem é Weliton, de onde veio, o que quer aqui? Pode até ser um bom moço, mas eu não sei não, ouço mais notícia ruim dele do que boa. Já Manel não, quem não conhece desde meninote correndo para cima e para baixo para conseguir as coisas? E quando conseguiu montou uma empresa aqui para dar emprego para os araiosenses, tem nome limpo e nunca teve envolvido em coisa errada”. O depoimento emocionado é do seu Sergio dos Baixões, um senhor de idade e que disse que já viveu e conhece muito das administrações de Araioses.

Declaração como essa representa um pouco da complexidade da política araiosense, onde se observa uma parte do eleitorado com acentuada consciência política, mas proporcionalmente apegado às velhas práticas, que sustentam um ciclo vicioso, que por sua vez, tem segurado o nosso município no nível de índices baixíssimo de desenvolvimento. Sem falar nos cidadãos que encaram o debate político apenas em seu aspecto partidário, e de forma apaixonada, são incapazes de avaliar os próprios nomes a quem tem declarado apoio.

A conclusão não poderia ser mais heterodoxa, parece que o araiosense já analisa melhor a política no município, sabe fazer distinções e tem consciência do que poderia ser melhor, mas ainda não está pronto para tomar decisões baseado apenas no que acredita.

Marcio Maranhão
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...