Páginas

segunda-feira, maio 02, 2016

Entidades relembram 30 anos da morte de padre Josimo Tavares

Padre Josimo Tavares assassinado no Maranhão
Padre Josimo Tavares assassinado no Maranhão

A Rede Cidadania, que reúne várias entidades sociais como sindicatos e o Centro de Defesa da Vida de Açailândia, vai promover uma programação para lembrar a passagem de 30 anos do assassinato do padre Josimo Moraes Tavares.

Com o tema Celebração de 30 anos do martírio de Padre Josimo Tavares, evento será realizado no Assentamento da Reforma Agrária Califórnia, no município de Açailândia.

De acordo com o jornalista José Luís da Silva Costa, um dos coordenadores da programação, as atividades serão abertas no sábado (30), às 19h na quadra de esportes do assentamento. Até o dia 1º de maio serão realizadas atividades como uma mesa redonda com lideranças camponesas como Maria Querubina, Luis Vila Nova, a mãe do padre Josimo e, ainda, o padre Francisco Lima Soares, para tratar sobre a atual conjuntura econômica e social do país e a reforma agrária.

Também está programada para este período uma segunda mesa redonda para discussão sobre o combate ao trabalho em situação análoga de escravo.

“Na verdade, a partir da conversa com militantes puxamos essa programação para o Assentamento Califórnia para lembrar do trabalho e dos ideais do padre Josimo”, justifica José Luís.

Movimentos sociais, também, preparam uma programação para lembrar a passagem de 30 anos da morte do padre que foi morto no dia 10 de maio de 1986, nas escadarias do escritório da Comissão Pastoral da Terra-Araguaia-Tocantins, localizado no Centro de Imperatriz. O crime teve repercussão internacional e vários dos participantes foram presos e já cumpriram pena. (iMirante)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...