Páginas

sexta-feira, abril 22, 2016

Porque não irei a manifestação de Luciana Trinta

Na tentativa de voltar a dirigir os rumos de Araioses e tomar para si novamente as rédeas da cidade, Luciana Trinta, a ex-prefeita que após perder as eleições abandonou o município e seus amigos, voltando para sua vida de luxo na capital do estado, agora, faltando menos de seis meses para novas eleições municipais, deseja retornar como salvadora da pátria, apontando o dedo para todo mundo, como se sua administração não tivesse sido uma das mais reprovadas pela população e com baixíssimos níveis de aceitação entre todos os seguimentos da sociedade... E o povo não lembrasse disso.



Sem levar em consideração todas as suas ausências durante o seu mandato como prefeita, depois que perdeu as eleições, Luciana só retornou ao municípios em raros momentos; e estes não foram para visitar o povo e sim, para audiências judiciais impreteríveis, portanto, para responder questões à justiça sobre o seu governo. Fora essas ocasiões, Luciana só lembrou mesmo do povo de Araioses, nas eleições para deputado e Governador.

Mesmo tendo governado na prefeitura apenas nas madrugadas e durante o dia em sua casa a portões fechado para não ter contato com o povo, Luciana que carrega o sobrenome de uma das famílias mais ricas do Maranhão, volta a fazer pose para fotos de caráter politiqueiro ao lado de pescadores, agricultores, homens e mulheres simples de Araioses, apenas pela proximidade do processo eleitoral.


Não levando em conta as promessas de seu governo que não foram cumpridas, a ex-prefeita quando retornou a Araioses em 2014, por ocasião da campanha eleitoral de seus candidatos, prometeu mundos e fundos, que a vida do Araiosense iria melhorar, mas, melhor mesmo é só o seu salário no governo do estado, um dos mais altos da administração de Flavio Dino.

Na condição de autoproclamada representante do Baixo Parnaíba no governo do estado, o que fez Luciana pelo povo de Araioses até agora?

Seu Hospital, que prometeu que seria aberto no primeiro mês do novo governo estadual, até hoje está de portas fechadas, a CAEMA que é de responsabilidade do estado, serve aos araiosenses, água salgada, quando não, água barrenta, ou as duas; salgada e barrenta. E a senhora representante até hoje não moveu uma palha em prol da nossa gente.

Outra verdade que precisa ser dita, que ressalvadas as responsabilidades do município sobre a manutenção da estrada MA 345, não esqueçamos que o trecho que liga o povoado placa a sede do município, é responsabilidade também do governo do estado, mas nossa representante não tem se preocupado nem sequer em pedir uma caçamba de asfalto ao governador para tapar os buracos, preferindo o quanto pior melhor, para poder ter o que esbravejar em praça pública. Ou tirar fotos com os trabalhadores da firma que está trabalhando na construção do trecho Araioses Agua Doce, como se ninguém soubesse que aquela obra já estava inclusive licitada desde o governo de Roseana Sarney.

Espero que ao citar a buraqueira na entrada da cidade em seu discurso, lembre-se que a estrada é estadual e que a representante do estado no município é a própria.

Na educação, a contribuição da ex-prefeita e representante do governo estadual, foi entregar as diretorias de alguns colégios a professores de Parnaíba, que embora sejam de notado saber, (alguns) são alvos de reclamações de pais e alunos de faltarem muito e tratarem a educação nos colégios do Maranhão como bico, tirando a motivação e a esperança principalmente do alunato do Baixo Parnaíba. Sem falar, nas manobras que visaram dificultar o trabalho da Professora Joaninha à frente do Farol da Educação de Araioses, para que a mesma pedisse para sair e fazer de lá um cabide de empregos.

Sobre os funcionários públicos, muito se falou sobre as tentativas da atual administração em enfraquecer o sindicato, mas foi na administração de Luciana que o maior golpe contra a entidade foi tentado, mas graças a Deus sem êxito. Ao em vez de tentar minar as forças da instituição como fez Valéria, Luciana tentou foi destruir a entidade, fundando um outro sindicato no intuito de concorrer e aniquilar o SINDSEPMA. Sem falar no paredão, que se eleita em outubro próximo, o povo de Araioses pode esperar, que deste gostinho ela não vai abrir mão novamente: Olhar nos olhos de novo de cada servidor público e mostrar que está de volta na cadeira máster, principalmente aqueles que votaram contra ela em 2012 e que ela guarda na memória o nome de cada um desde o paredão de 2009.

E o que falar no testemunho emocionante de dezenas de correligionários que caminharam léguas na chuva e no sol com a ex-prefeita, e que em seus momentos difíceis não puderam contar, nem em um metro, com a mesma solidariedade dispensada?

Por tanto, se Luciana for falar dia 23 sobre educação, saúde, infraestrutura, assistência social, espero que seja apenas para um exame de consciência em público.

Tentei ser o mais sucinto possível e por isso apresentei apenas algumas coisas de tantas, que os próximos seis meses serão insuficientes para relatar tudo. 

Marcio Maranhão

Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha. - Mateus 12:30
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...