Páginas

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Em Araioses... A imprensa que eles querem...


    Cresce a preocupação dos situacionistas em saber a verdadeira identidade do misterioso e incomodo blogueiro ITAMAGÚ.

    O blog, de autor personagem, já passou desde o seu recente lançamento, da marca de mais de oito mil acessos. E tem se configurado uma pedra no fino e instável calçado do governo de Valeria Leal em Araioses.

    O recurso (uso de nome fictício) foi muito usado por pensadores, jornalistas e lideranças, em tempos muito obscuros da nossa historia. Onde militares mandavam e todo o resto apenas obedeciam. Eu me refiro à ditadura militar, vivida no Brasil no período de 1º de abril de 1964 até 15 de março de 1985.


    O regime dos militares suprimiu direitos, impôs deveres,fez cessar a liberdade dos cidadãos e como se bastasse,quis mandar até no que pensavam os brasileiros, suas vontades, escolhas e consciência.


    Mas apenas quiseram, por que o exercício do poder é uma arte, como Maquiavel nos ensina. E
sobressaiu a máxima; o conhecimento é poder, o conhecimento liberta. E diante das opressões e amarras daquele tempo, homens e mulheres, se utilizaram do anonimato para se proteger, mas acima de tudo, denunciar os abusos de poder das autoridades e lutar por mais liberdade.

    Hoje, os tempos são outros, o regime também, mas embora a democracia seja a realidade, o pensamento dos que estão no poder, parece não ter mudado muito até aqui.

    Corre o boa boato, que membros do governo, ameaçam utilizarem de todas as formas para descobrir quem esta por traz de ITAMAGÚ. E  ate uma empresa de Goiás seria contratada para rastrear o IP de origem das postagens.Quanto imaginação...Tudo por que alguns artigos deste blog,não bajulam o governo.Como faz o agora atual secretario de comunicação,Daby Santos,que para assegurar o status quo,foi capaz de vender sua alma ao diabo,assim como fez Judas Iscariotes,que por um punhado de moedas vendeu até sua dignidade.E de repente,tudo que era ruim e imoral,passou a ser bom,moral e defensável.

    Apenas para exemplificar, vejam o caos da saúde. Dele, nenhuma palavra de reprovação, mas sim o silencio pernicioso, complacente e covarde ao povo de Araioses.

    Aos que se opõem as vontades do novo coronel da cidade, resta à perseguição, humilhação e anulação social.

    Para dimensionar a capacidade de ação pelo ódio deste povo. Vejam o que aconteceu comigo: Bastou eu externar minha opinião nas redes sociais, para no dia seguinte eu receber em minha lanchonete, uma fiscalização surpresa da vigilância sanitária. E e logo depois, uma intimação da procuradoria do município,me exigindo que em 72 horas comparecesse no departamento tributário da prefeitura.

    E outra, coincidência ou não, relacionado ou não a qualquer situação reportada por mim aqui. O fato é que depois do lançamento do meu site; fui seguido de Araioses até o posto JP em João Peres, por voltas das 23 horas, quinta feira dia 28 de março, por um misterioso carro que ao chegar à entrada da comunidade, deu a volta e retornou rumo à sede.

    Diante de tais acontecimentos, fica o aprendizado. Em Araioses agora pode ser muito perigoso, de cara limpa, ter opiniões contrarias a dos poderosos.

    Se cuida Itamagú. Em Araioses agora temos ditadura e ditador.

    Marcio Maranhão
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...