Páginas

terça-feira, novembro 29, 2011

Amigos e familiares, na maioria mulheres de policiais militares e bombeiros, fizeram uma passeata ontem (28) para pedir que o governo do Estado atenda às reivindicações da categoria, que está em greve desde a última quarta-feira (23). Cerca de 200 pessoas participaram da caminhada que saiu por volta das 17h, da Assembleia Legislativa, no bairro do Cohafuma, com destino ao Palácio Henrique de La Roque, no Calhau. 



Mulheres, filhos e amigos dos grevistas realizam passeata de sensibilização

Carregando faixas com os dizeres “Os familiares dos PMs e BMs exigem um posicionamento do governo”, “Meu pai é um herói”, “Senhora governadora precisamos dos nossos maridos em casa”, além de outras, os familiares realizaram a passeata. 

“Queremos sensibilizar o coração da governadora, para que ela atenda à pauta de reivindicações. Também queremos mostrar para a sociedade o que está acontecendo, nossos maridos desde 2009 não têm reajuste e isso prejudica que a nossa família tenha uma alimentação de qualidade”, desabafou Selma Lima Vieira, de 39 anos, mulher de um bombeiro. 

“Essa falta de correção anual nos salários prejudica a alimentação de nossa família; com esse salário nossos filhos não têm educação digna. Não temos plano de saúde e nem condição para adquirir. O único hospital que atendia a gente (Ipem) foi desativado. Nossos maridos são obrigados a fazer bico arriscando suas vidas para ajudar em casa”, disse Eunice Everton Estrela, de 36 anos, mulher de um policial militar. 

Os manifestantes percorreram a Avenida Jerônimo de Albuquerque, pararam em frente ao Quartel da Polícia Militar e se deslocaram ao Palácio Henrique de La Roque. (Por Valquíria Ferreira) 

Jornal Pequeno
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...